CD Teus planos na boca do forno!

A Graça Music vive momentos de expectativa com as novas produções da gravadora, que serão lançadas durante a ExpoCristã 2010, a maior feira de produtos cristãos da América Latina. O evento acontece de 7 a 12 de setembro, na cidade de São Paulo.

Dentre os lançamentos, o primeiro CD solo de Rafael Araújo, integrante do Ministério de Adoração da Graça. Com o nome de Teus planos, o disco foi produzido por Emerson Pinheiro, renomado produtor do mercado fonográfico gospel, com vários prêmios nesta área.

Com 12 faixas, sendo algumas autorais, Rafael apresenta para o grande público canções que ele já ministrava nos cultos da Igreja da Graça, de onde é pastor, e que prometem ser hits em outras denominações também.

Destaque para “O Cordeiro”, “Teus planos”, “Filho pródigo” e a belíssima “Jesus”, que contou com a participação especial de Heloisa Rosa, num dueto espetacular.

O projeto gráfico do CD ficou a cargo da empresa Na Massa, do designer Lincoln Baena, o mesmo que desenvolveu o projeto do CD Um por todos, do Ao Cubo.

Em formato digipack, uma das tendências do mercado, o material gráfico segue hoje para a fábrica; e o master, na próxima semana.

Agora é só aguardar!

Graça Music com muitas promoções no Twitter

Investindo em interatividade com seu público, a Graça Music criou, no ano passado, seu perfil no Twitter. Mesmo sem uma divulgação tão intensa, à época, em pouquíssimo tempo, os followers já batiam a casa dos 1000 seguidores.

Hoje, a “tropa”, como são chamados os followers pelo Twitter-Mor da GMusic, já ultrapassou a barreira dos 3mil twitters. E a turma tem aumentado.

“Temos realizado, desde a semana passada, um “bombardeio” de promoções no Twitter, e a resposta tem vindo não só em forma de participação, mas também com palavras de carinho  e de incentivo ao nosso trabalho. É gratificante receber cada tweet e, claro, ver a nossa galera aumentar dia a dia”, disse Ana Paula Porto, do depto de comunicação da Graça Music.

 Na semana passada, foram sorteados os CDs de Thalles, Ao Cubo e DiscoPraise.

Já para essa semana, a lista é grande: tem CD de André e Mariana Valadão, Heloisa Rosa, Jó42, Bruna Olly, Joe Vasconcelos, David Fantazzini, Dany Grace, Sandrinha, Banda & Voz, Turminha da Graça, Jayane, Jairo Bonfim, Gauchinhos de Deus, Chris Durán, Ministério de Adoração da Graça, Giselle di Mene, Unção de Deus, Fernandes Lima e muito mais.

No Twitter, além dos brindes, a gravadora também adianta novidades em termos de produção dos CDs e divulga a agenda dos cantores. Quer estar por dentro também? Então acesse www.twitter.com/gracamusic

Heloísa Rosa concede entrevista para Lagoinha.com

img-heloisa-rosa

Em entrevista exclusiva ao Portal, a cantora e ministra Heloísa Rosa fala de sua vida, conversão, família e ainda de seu ministério para o site Lagoinha.com. Confira esta super matéria na sequência.

Se seu inseparável e “amigo” violão falasse, com certeza, muita história ele contaria (ou “cantaria”?) a seu respeito. Pois muito mais que apenas um instrumento, seu violão foi e ainda tem sido quase que um confidente e uma “testemunha ocular” de tudo que ela viu e viveu desde o início de seu ministério e ainda vive até hoje. Ciente, ainda pequena, de que recebera um dom, Heloísa Rosa já se mostrava íntima daquele que seria seu grande companheiro: o seu violão. Até que aos 14 anos começou a aprender a tocá-lo. O tempo e a providência divina se incumbiram do resto. E foi só mesmo questão de tempo e por pura obra dos céus para que o público logo viesse a conhecê-la. Com três álbuns solos já lançados (fora outras participações em trabalhos de ministros e ministérios amigos) e distribuídos pela Graça Music – o Liberta-me (gravado em 2004, em Vitória, no Espírito Santo); o Andando na Luz (gravado em 2006, em São Paulo); e o mais recente, Estante da Vida (gravado em 2008, em Curitiba, Paraná) -, Heloísa Rosa, gradativa e solidamente galga seu espaço no já concorridíssimo cenário musical gospel, ainda que sua real pretensão não seja a de ser conhecida, famosa. Ela é dona de um caráter e uma voz inconfundíveis. No caso específico de sua voz, ela já foi comparada por muitos à da cantora e compositora secular Paula Toller, do grupo também secular Kid Abelha. Mas ela parece mais não se incomodar com isso. “Ahaaaaa!! De tanto as pessoas falarem isso, já me acostumei”, diz ela sem falsa modéstia. Longe, porém, de fazer tipo, Heloísa Rosa parece ser única também no que canta e fala. Para quem não a conhece tão a fundo assim, sua sinceridade e convicção poderiam soar como rispidez ou intromissão. O que não é o caso.

Nessa entrevista que concedeu com exclusividade ao Lagoinha.com na ocasião de seu retorno a Minas para falar num acampamento promovido pela Mocidade da igreja (Lagoinha), cujo tema foi a santidade (nada mais propício, não?!), ela nos recebeu pronta e carinhosamente para falar de sua vida, família e seu ministério (doze anos de estrada já). Casada com o também músico e ministro Marcus Grubert, Heloísa reside em Curitiba, no Paraná. Mas é mineira uai! A presente entrevista é também um presente e uma singela homenagem a ela, pois nesse dia 24 de novembro ela completa 27 anos de vida. Se seu violão falasse, com certeza diria: “Parabéns, Heloísa! Valeu a pena! Que venham os próximos 27 anos”. Eis então a entrevista:

Lagoinha.com: Ainda que educada no evangelho, o que diria de sua infância, adolescência e família onde foi criada?
Heloísa Rosa: Nasci num lar muito pobre e tive uma infância bem difícil. Meu pai separou de minha mãe quando eu tinha cinco anos e fui descobrindo que eu era uma música nesse tempo, porque gostava muito de cantar. Cantava na equipe de juniores da igreja. E todos esses sofrimentos psicológicos eu despejava na música em Deus. Assim, eu comecei a experimentar Deus muito cedo. Há caminhos pelos quais a gente passa que Deus cumpre, por meio deles, seus propósitos na nossa vida. Talvez eu poderia expressar outra coisa em Deus se tivesse um pai em casa. Mas hoje o que eu expresso é exatamente a experiência que eu passei de que eu venci. Então, a maior revelação que eu tenho de Deus hoje é a de um Pai. De me apegar a essa paternidade, acreditar nela e colocar tudo isso dentro de mim. Porque eu realmente acreditava e acredito nela. Assim, a maior revelação que tenho de Deus é de sua paternidade.

Lagoinha.com: A educação que teve então no evangelho partiu de sua mãe?
Heloísa Rosa: Não, porque o dois, meu pai e minmha mãe, eram evangélicos. Por isso que falo tanto contra a religiosidade. Porque não adianta você ir à igreja se você não tem vida com Deus, vida de família. Minha mãe sempre foi uma lutadora, como muitas mães brasileiras que são guerreiras. Ela me ensinou muitas coisas. E muitas coisas que sou e tenho hoje devo a ela.

Lagoinha.com: Ainda que sua conversão tenha sido um processo, a ponto de aos dez anos ter tido sua primeira experiência com Deus, saberia dizer quando despertou sua consciência de desenvolver uma vida espiritual e de uma maior necessidade de uma vida com Deus?
Heloísa Rosa: Foi quando eu era bem pequena mesmo. Eu me lembro de quando estava na escolinha da igreja, meus pais ainda juntos, e todas as vezes quando a professora perguntava se alguém queria entregar sua vida para Deus, eu estava lá. Eu vivo disso até hoje, da minha oferta a Deus, entende?! Sempre tive essa consciência desde pequena. Talvez por esses motivos que já falei de uma necessidade de um pai, de um homem dentro de casa. Eu ouvi que Deus poderia ser isso para mim hoje e me agarrei nEle. Ele é isso para mim hoje e sempre vai ser. É maravilhoso. Deus mudou a minha sorte, minha vida e devo muito a Ele. Minha vida toda devo a Deus.

Lagoinha.com: O que poderia dizer da música em sua vida e quando ela passou a ganhar contornos de ministério?
Heloísa Rosa: Eu descobri a música sempre como um dom. Sempre foi um “Nossa, eu posso adorar, eu posso cantar!…” Eu sempre me derramei diante de Deus, mesmo ainda adolescente, em Deus. E ninguém me conhecia. Eu cantava em cima de um pé de manga. As únicas músicas que conhecia eram da Assembléia de Deus, as músicas da Harpa Cristã. Eu cantava, cantava, e chorava, chorava. Hoje é que as pessoas pedem um profissionalismo, mas a música nunca foi assim para mim. Ela sempre foi a minha devoção a Deus. Assim, a música sempre foi uma ferramenta para expressar aquilo que creio e o Deus que eu sirvo.

Lagoinha.com: O violão é um companheiro seu quase que inseparável. Quem lhe ensinou a tocá-lo?
Heloísa Rosa: Eu comecei meio que sozinha. Uma pessoa na igreja na época me ajudou um pouco, mas não completamente. Fui pegando aos poucos e aos 14 anos e comecei a aprender. Foi muito difícil porque não tinha violão em casa, tinha de pegar emprestado. Me lembro de que eu morava na casa de uma pessoa e toda vez que eu tocava, eu ouvia ela dizer: “Ah, pára de tocar esse violão… Que coisa…” Enfrentei sim algumas dificuldades porque quando você é jovem você considera muito o que as pessoas falam e sei que não desisti porque sempre gostei de cantar quando criança e o violão ajudou a fazer isso de uma forma mais legal. Meu intuito de aprender a tocar violão foi para ficar no quarto adorando a Deus e mais nada.

Lagoinha.com: E quando saiu do quarto e começou a chegar na igreja?
Heloísa Rosa: Quando as pessoas viram que eu era afinadinha, convidando: “Faz back para mim! Canta aqui na igreja!” Comecei na igreja local, dos 12 para 13 anos, na Igreja Batista do Tirol, em Minas. Na equipe local fiquei por cinco anos. Depois disso, conheci o David Quinlan e o pastor Cirilo. E aí foi. E agora, desde 2004, a gente tem feito um trabalho pessoal.

Lagoinha.com: Quais foram suas referências musicais e espirituais além de David Quinlan (do Ministério Paixão, Fogo e Glória – MG), Petra (antigo grupo cristão de rock da década de 1990, dos EUA), Darlene Zschech (do grupo australiano Hilsong) e Delirious (banda gospel inglesa)?
Heloísa Rosa: Já tem tempo que passei por essa fase de treinamento. Aproximadamente com David e Cirilo (pastor Antônio Cirilo, do Ministério Santa Geração, em Contagem, Minas Gerais) foram uns oito ou nove anos. Eles me ensinaram coisas que hoje eu entendo e que na época não entendia. Eu consigo entender o coração da minha equipe porque eu fui liderada por eles porque eles também passaram por muitas situações com equipe, com músico. E músico, se não é convertido, é só Jesus. Muitas coisas eu não entendia e questionava. Mas hoje entendo eles completamente. Que pena, porque dá vontade de voltar no tempo e dizer: “Pôxa, eu poderia ter entendido lá!…” Mas o processo de crescimento é assim mesmo. A gente começa achando que já sabe tudo, Deus trata a gente dentro de uma equipe e saímos porque Deus fala que a gente tem de sair, porque ficou muito cômodo. E de repente, você vê que aquelas pessoas que passaram na sua vida se tornaram ícones no sentido de trazerem um norte para a sua vida. Assim, essas pessoas são marcos na minha vida de buscar e amar a Deus, de adorá-lo. São referenciais para mim: David Quinlan, Cirilo, Ricardo Robortela (do Ministério Clamor Pelas Nações, em Contagem, Minas Gerais)… Mas há uma pessoa que trabalhou muito no meu caráter, que me confrontou muito. Ela se chama Carla Timponi. Sou muito grata a ela. Ela liderava a equipe do Clamor Pelas Nações. Era ela, o Ricardo e o Gérson Freire na época. Ela foi minha discipuladora mesmo. Tirava o violão do meu braço e falava: “Agora você vai adorar. Senta aí e adora a Deus. Você não vai cantar hoje”. Claro que ela não era grossa, mas firme. Na época, eu ficava revoltada. Achava que ela me invejava, que ia matar meu ministério. Era como se fosse Saul (o rei Saul da Bíblia, que perseguiu a Davi por muito tempo) e o diabo me perseguindo. Hoje eu vejo que era Deus que estava treinando e forjando o meu caráter. Essas pessoas nem sabem, mas eu amo muito mais elas hoje do que quando eu andava com elas.

Lagoinha.com: Houve uma experiência sua muito pessoal de ainda você estar ministrando e ter de ficar seis meses no banco. O que diria dessa experiência? Como foi isso?
Heloísa Rosa: Fui para um quarto adorar a Deus e lá na intimidade, Ele falou que queria que eu passasse pela cruz. Eu falei: “Como?”. E a resposta foi ficar seis meses sem cantar. A resposta foi: “Quando você entrar no quarto, eu não quero ouvir sua voz cantando. Fique aqui comigo. Não quero teu violão, não quero você cantando, não quero nada. Fique apenas comigo”. Foi um tempo muito difícil, porque os religiosos começaram a achar que eu estava grávida, que o Pr. Cirilo tinha me expulsado da equipe. Inventaram um monte de coisas. Mas Deus me honrou. Num culto de domingo, do Pr. Cirilo, a Martin Duke (esposa do ministro Dan Duke) que estava nos Estados Unidos chegou no dia. Ela não sabia de nada. Chegou no meio do louvor, no culto, me chamou e falou: “Deus tem te pedido algumas decisões e a igreja não tem te entendido”. Mas esse é o caminho que Deus tem para você. Ele quer que você receba agora. Não é hora de dar”. Todo mundo ficou pianinho e a igreja parou de falar. Ficou todo mundo quieto e entendeu que eu estava ouvindo a Deus. Durante esse tempo, Deus pediu para eu não falar nada, porque Ele ia me justificar. Eu não tinha que me justificar. Esse foi um tempo de buscar o Senhor intensamente. Claro que isso tem que ser por toda a vida, mas foi um tempo específico.

Lagoinha.com: Decorridos doze anos já de ministério, que avaliação faria hoje?
Heloísa Rosa: Amadurecendo, cada vez mais. Já andei nos extremos, mas agora estou andando no equilíbrio.

Lagoinha.com: Para fechar, como nascem suas canções visto que muitas ou a maioria delas parece ser fruto de sua vivência e experiência com Deus?
Heloísa Rosa: Ele fez um milagre na minha vida. Eu não sei se todos os músicos tendem a colocar nas músicas aquilo que é mais verdadeiro para eles. Se a gente disser “os músicos colocam nas músicas tudo aquilo que eles acreditam; é uma forma de expressar”, então eu posso que sou um músico e amo expressar aquilo que eu acredito. Se eu não acreditasse em Deus, eu iria expressar aquilo que acreditaria. Mas eu não consigo cantar uma coisa que eu não esteja vivendo. Por isso que muitas pregações minhas é aquilo que Deus está me confrontando, me moendo. Mas eu vejo que é aquilo que eu tenho que dizer, é a verdade. Só a verdade pode libertar a gente. Jesus falou: “Conhecereis a verdade e a verdade vos libertará”. Toda verdade tem um potencial de libertação na nossa vida. Quanto mais eu ouvir verdade, mais eu vou ser liberto. Eu canto aquilo que eu acredito. E por isso, eu canto.

Por Marcelo Ferreira
marcelo.ferreira@lagoinha.com

Mais aniversários na Graça Music

A Graça Music parabeniza nesta quinta-feira (19) o baterista da banda mineira Jó42, Fábio Brites que comemora hoje mais um ano de vida. 

No dia 23 de novembro é a vez da backvocal do Ministério Unção de Deus, Hosana Novarine comemorar sua data especial. No dia seguinte, 24, quem completa mais um ano de vida é a cantora Heloísa Rosa e no dia 29 é a vez de Vinicius Mello, vocalista  da banda Jó42.

A todos os aniversariantes do cast da gravadora, desejamos as mais ricas bênçãos sobre suas vidas, ministérios e familiares. Estamos todos muito felizes com mais esta data tão especial!

Unção de Deus confirma participação em evento no ES

O Conselho de Pastores do município de Serra/ES promove anualmente o evento “Verão com Jesus” e neste ano diversos artistas da Graça Music estarão entre as atrações nos dois fins de semana da programação.

O primeiro a confirmar presença foi o Ministério Unção de Deus que se apresentará no dia 05 de fevereiro juntamente com o Ministério Toque no Altar. Outras atrações aguardam confirmação como André Valadão, Heloísa Rosa, Chris Durán, Mariana Valadão e Thalles. Em breve divulgaremos mais informações a respeito deste evento.

Graça Music apresenta novas músicas nas FMs

Dentro da estratégia de apresentar mais músicas dos repertórios de seus artistas, a gravadora Graça Music promove nesta semana uma ampla alteração das músicas de trabalho de seu cast nas FMs pelo país.

Além de estrear as músicas do Ao Cubo e Thalles, próximos lançamentos da GMusic, a gravadora estará fortalecendo uma nova faixa de cada artista da empresa. Confira agora o novo playlist Graça Music:

Bruna Olly – Música “Mais Perto de Deus”
Giselle di Mene – Música “Vou Mergulhar”
Dany Grace – Música “Livre Acesso”
Joe Vasconcelos – Música “Adoro Teu Nome”
Unção de Deus – Música “Ouvi Tua Voz”
Sandrinha – Música “Minha providência”
Heloísa Rosa – Música “Há Tanto Tempo”
Chris Durán – Música “Tu És Meu Deus”
Banda e Voz – Música “Faz Parte de Mim”

Heloísa Rosa conquista Disco de Ouro

Nos próximos dias a Graça Music irá entregar o primeiro Disco de Ouro da cantora Heloísa Rosa na gravadora. Com vendagem superior a 50 mil cópias o CD “Estante da Vida”  passa a figurar entre os produtos mais vendidos do meio gospel nacional.

“Este é um CD diferenciado. Sem dúvida, o melhor já lançado pela cantora até hoje e a receptividade do público a este CD foi maravilhosa. A Heloísa foi uma das primeiras contratações de peso da nova fase da Graça Music e ficamos todos muito felizes com esta premiação. Temos certeza de que poderemos entregar outras premiações como esta a ela! Em breve vamos dar prosseguimento ao projeto do DVD e de um novo CD pela Graça Music”, declarou Mauricio Soares, executivo da gravadora.

Além de Heloísa Rosa, outro que receberá seus prêmios de vendagens é o cantor e pastor André Valadão. “O Projeto Fé já garantiu ao cantor Discos de Ouro e Platina pelo CD e ainda DVD de Ouro. Estamos apenas aguardando uma melhor data para entrega destes prêmios porque a agenda de André Valadão está muito cheia! Queremos inclusive que esta entrega seja feita na Igreja Batista da Lagoinha que é onde todo o projeto começou”, complementa Soares.

Heloísa Rosa inicia novo projeto

A cantora Heloísa Rosa em conversa com o diretor executivo da GMusic, Mauricio Soares, na tarde desta última segunda-feira (3) confirmou o início do próximo álbum inédito.

Em volta às muitas viagens atendendo a convites pelas diferentes regiões do país, a jovem cantora vem separando composições e elaborando arranjos para um novo CD previsto para lançamento no início de 2010.

“Estamos ainda orando muito, escrevendo canções, ouvindo sons, pesquisando novas referências, enfim, estamos ainda tentando formatar um novo projeto musical para só depois iniciarmos o trabalho de pré-produção em estúdio. Depois do resultado de “Estante da Vida” temos a enorme responsabilidade de nos superarmos em qualidade e espiritualidade nesta nova produção e isso só mesmo a custo de muito trabalho e oração”.

A cantora ainda destacou que o seu trabalho vem evoluindo a cada lançamento e que a expectativa de um novo CD é sempre seguir nesta mesma linha. “Não posso simplesmente me sentir pressionada a lançar um novo trabalho para atender a prazos, desejo do público ou mesmo minha própria vontade. A responsabilidade deste novo trabalho é muito grande e não posso me precipitar por isso quero começar com bastante tempo esse processo de composição e arranjos. A gravadora já entendeu minha vontade e soube respeitar com extrema tranquilidade esta minha posição. Vamos fazer um grande trabalho em conjunto”.

Ela ainda adiantou também sobre o projeto do DVD. “Estamos conversando sobre detalhes do novo DVD, meu primeiro trabalho em DVD. Ele deve reunir os sucessos dos meus 3 trabalhos anteriores e mais alguma coisa já do novo trabalho, mas ainda não temos nada definido ainda. Gostaria de fechar 2009 com esta gravação, mas tudo dependerá de minha agenda e da própria disponibilidade da gravadora”.

Neste fim de semana, Heloísa Rosa estará em Mato Grosso do Sul apresentando-se na 1ª Igreja Batista em Campo Grande (8). No dia seguinte ela participa de evento no Ministério Atos de Justiça na mesma cidade. Para saber mais de sua agenda, ministério e projetos, acesse www.heloisarosa.com.br.

Nossa Rádio SP comemora 7 anos de vida

Com um megashow realizado na Estação da Luz em São Paulo, um dos mais tradicionais cartões postais da cidade, nesta quinta-feira (9) a emissora Nossa Rádio FM comemorou 7 anos de existência e contou com a presença de mais de 40 mil pessoas e a participação musical de inúmeros artistas.

Desde às 15h, diversos artistas revezaram-se no megapalco montado na belíssima Estação da Luz localizada no centro de São Paulo. Caravanas de diversas cidades da Grande São Paulo foram chegando ao local do evento desde às 11 da manhã. Aos poucos, milhares de pessoas foram se aglomerando em frente ao palco da Nossa Rádio e por volta das 14h, uma verdadeira multidão aguardava ansiosamente o início da programação.

Com grande participação do público apresentaram-se na festa de aniversário da Nossa Rádio artistas da Graça Music e convidados. Pela gravadora participaram Heloísa Rosa, Dany Grace, David Fantazzini (comemorando 34 anos de vida neste dia!), Sandrinha, Ministério Unção de Deus (que sacudiu a galera!), Ministério de Adoração da Graça, Pr. Jayme de Amorim, Damares Domingos e AO CUBO (que definitivamente conquistaram o carinho e respeito do povão de São Paulo!).

Entre os convidados: Cassiane, Rose Nascimento, Célia Sakamoto, Além do Véu, Homerson Barreto, Adriana Cabral e a banda Oficina G3. O evento teve transmissão ao vivo pela Nossa Rádio FM e também pelo canal RIT TV.

Megafesta Nossa Rádio em São Paulo

padrao_posts_nossaradio

No feriado restrito ao Estado de São Paulo desta quinta-feira, dia 09 de julho, a NOSSA RÁDIO FM, líder no segmento gospel na região metropolitana promove mais uma megafesta na Estação da Luz, centro da capital.

No evento participações confirmadas do Ministério Unção de Deus, Bruna Olly, Ministério de Adoração da Graça, Sandrinha, Heloísa Rosa, Giselle di Mene, Dany Grace, Ao Cubo, David Fantazzini, Damares Domingos,  além de Soraya Moraes, PG, Oficina G3, Adriana Cabral, Talitha Pagliarin, Além do Véu, entre outros.